quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A Supersimetria da criação

_Conta uma tradição chinesa da época Xia (2205-1782), que apareceram dez sóis em nosso ambiente cósmico causando súbitas mudanças. Os povos da terra sofreram, terrivelmente com o calor e, por isso o Imperador ordenou ao seu melhor arqueiro que abatesse os sóis extras. O arqueiro foi recompensado com uma pílula  que tinha o poder da imortalidade mas sua esposa a roubou. Por esta ofensa ela foi exilada imóvel no firmamento transformando-se na lua.
_Segundo esta lenda, o primeiro ser vivo foi P’na Ku, que cresceu durante 18 mil anos dentro de um ovo cósmico. Quando se chocou, a casca acima dele se tornou o céu, enquanto a casca abaixo tornou-se a terra. Os opostos da natureza foram separados como masculino e feminino, úmido e seco, claro e escuro, yin e yang. P’an Ku se despedaçou e suas feições se tornaram o mundo natural. Seus membros se transformaram em montanhas, seu sangue em rios, sua respiração no vento, sua voz nos trovões, seu cabelo na grama e seu suor na chuva. Seu olho esquerdo se tornou o sol e o direito a lua.
_Antes do início dos tempos havia Nu, o oceano primordial do caos. De um ovo na superfície de Nu surgiu uma divindade referida como Amon-Rá. Amon-Rá produziu filhos e filhas divinos. As lágrimas de Amon-Rá formaram a humanidade. Seu neto, o Deus Osíres se casou com uma sua irmã Ísis que descobriu a identidade de Amon-Rá, o que permitiu que Osíres tomasse seu lugar como rei. Osíres mostrou aos humanos como obter comida e vinho, enquanto Ísis ensinou-lhes a tecer e fazer medicina. Set, irmão de Osíres, que representava o mal, prende-o em um baú lançado ao Nilo.  Ìsis recuperou o corpo dilacerado de Osíres exceto o pênis que fora comido por um peixe. Ela criou um pênis de barro e soprou a vida de volta para Osíres através dele.  Osires viveu apenas o suficiente para engravidar Ísis do seu filho Hórus. Para manter seu filho a salvo de Set, Ìsis o colocou num cesto para flutuar no Nilo, inspirando a história de Moisés.
_No princípio o Deus Amma, o sol e a lua, na forma de dois potes, jogou pedaços de barro no espaço para criar as estrelas e uma bola de barro para criar a terra. Sentindo-se só, Amma se aproxima da terra e fertiliza-a para gerar filhos. Entretanto, uma colina vermelha causou um defeito na gestação. Em vez de gêmeos, nasceu um chacal que trouxe inúmeros problemas para Amma. Esta lenda explica a circuncisão feminina realizada por diversas tribos africanas.
_A bíblia conta a lenda de quando Josué rezou para que o sol parasse em seu trajeto de forma que a luz do dia se prolongasse, permitindo a ele terminar a batalha contra os Amoritas em Canaã. Segundo o livro de capa preta, o sol ficou parado por um dia. Atualmente sabemos que isto significa que a terra ficou sem rotação por doze horas. Se a terra fosse imobilizada, de acordo com as leis de Newton, tudo que não estivesse preso a ela, continuaria a se mover na sua velocidade original que é de 1.800 km/h no Equador. Um preço muito alto para um pôr do sol prolongado. Por outro lado, o universo não pode ser rebobinado. As leis matemáticas da física moderna não permitem o desvio de seu curso inexorável, para o futuro.
Mitos de criação como estes são tentativas de responder a questão feita pela ciência; Por que há um universo, e por que o universo é do jeito que é.
As lendas têm significados diferentes. As citadas aqui, umas são poéticas, outras são românticas e outras são mentiras enganosas que perduram. O universo é compreensível por que é governado por leis científicas e seu comportamento pode ser descrito como um modelo matemático. A primeira força descrita em linguagem matemática foi a gravidade. A lei da gravitação universal foi descrita por Newton e publicada em 1687  dizendo que todo objeto no universo atrai qualquer outro com uma força proporcional à sua massa. A ideia de que existem leis naturais ,suscita questões semelhantes àquelas pelas quais Galileu Galilei foi condenado por heresia em 1637.
A humanidade parece ter reconhecido que o universo não foi uma criação recente ou os seres humanos  têm existido apenas durante uma fração menor da história cósmica. Isto porque nossa espécie tem aprimorado tão rapidamente seu conhecimento tecnológico que, se existisse a milhões de anos, já teríamos alcançado a singularidade. A menos que a cada limite da evolução, a sociedade entra em colapso e começa tudo novamente. Inclusive a criação.

Dissocia-se o universo da criação humana, mesmo que o homem seja criado à semelhança de alguém e pode ser destruído por seu criador. O universo se mantém simétrico com outros universos.

14 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Há coisas que para a mente humana é incompreensível, pois a mente humana apenas entende o humanismo, o que aprendeu, ou o que juntando os existentes conseguiu fazer algo que ainda não havia.
Mas se lhe falasse-mos de um nada criar algo, então aí entraria a lei da física. Mas O Criador não precisa do físico para criar algo.
No entanto gostei do texto muito bem elaborado e o amigo esforça-se para explicar bem.
Abraço.
Peregrino E Servo.

Altamirando Macedo disse...

Antonio de Jesus atalha, obrigado pela observação ("e o amigo esforça-se para explicar bem"). Não foi esforço algum. Gosto de misturar lendas com ciência, afinal, foi por falta de evidências que o homem procurou explicações plausíveis. Cada sociedade tem sua lenda para justificar o criacionismo e todas são reais de acordo aos seus seguidores.Eu também tenho as minhas que devem se moverem e fazer sombras.

MANOEL MIRANDA FILHO disse...

Lembro quando era pastor e aceitava somente a história de Moisés e de Josué como verdade com você bem citou e as outras estóruas seriam absurdos do inferno.

A Teologia me abriu os olhos e o baú de questionentos quando começei a estudar Antropologia e O Estudo das Religiões e pude ver que como cristão eu era estranho para as demais religiões e o meu deus era tão estranho para elas como os deuses delas para mim. Os contoa da criação do universo são na sua grande maioria divergente e alguns contos iguais.

A bíblia não foi suficiente para responder meus questionamentos, principalmente quando comparada as leis da física. Descobri que eu mesmo era que traçava meu próprio caminho e o deus que cria era fruto da minha imaginação. Até hoje espero por uma evidência ou prova viva da existência desse deus que cria e nada. Nunca recebi e já fazem 7 anos.

Confesso que tentei voltar, mas essas estórias hoje me fazem rir por se tornarem tão absurdas. Não dá mais. Preciso de uma prova concreta. Mas acredito que não terei.

Aquele deus que quiser me levar para seu céu, que me convença pessoalmente. O que acho muito difícil.

Altamirando Macedo disse...

Manoel Miranda, eu descobri o caminho do labirinto através de pessoas que não conseguiram sair por fanatismo. Minha avó materna era uma cristã fervorosa que dedicou sua vida a seu Deus.. Se não ganhou o céu como prêmio, sua passagem por aqui foi vã. Ela foi meu exemplo de propaganda enganosa divina. Obrigado pela visita.

Guiomar Barba disse...

Uma lenda que só traz a lembrança algo da narrativa bíblica, sobre a criação, se tivermos conhecimento da mesma. Contrasta com muitas outras lendas que fazem um paralelo bem pronunciado com a narrativa bíblica e que contribuindo com o evangelho de Cristo, levaram inúmeros pagãos ao conhecimento da verdade.

Altamirando Macedo disse...

Guiomar Barba, obrigado pela visita. Você é sempre bem vinda. Bravo!...a lenda dos gregos narrando a criação é três milênios mais antiga do que a lenda dos hebreus. Se há igualdade, quem copiou quem? O evangelho de Cristo através do sermão da montanha já havia sido escrito pelos essênios dois séculos e meio antes. Então quem merece ser enganado?... O pagão? O que dominava a escrita ou o analfabeto? Existem várias lenda descrevendo algum Deus criando a humanidade muito mais antiga que a lenda dos cristãos. Todos os Deuses existem no subconsciente de seus fiéis. Nenhum é mais poderoso que o outro. Nem Tupã, Nem Xogum. nem Amma.

Guiomar Barba disse...

Vc esqueceu que antes que o mundo fosse criado, Deus era.
As lendas vieram através da criação e sua natural transcendência.
Uma das lendas que me fascina é dos incas.

Guiomar Barba disse...

Um tal de G.K. Chesterton disse o seguinte: "é um ato de fé asseverar que os nossos pensamentos têm alguma relação com a realidade. Se você simplesmente é cético, deve, mais cedo, ou mais tarde, se perguntar: "Por que uma coisa está certa; a observação e a dedução? Por q a boa lógica não pode ser tão enganosa qto a má lógica? Ambas sâo movimentos do cérebro de um chimpanzé confuso".

Guiomar Barba disse...

Outro comenta:"O próprio fato de que a lógica pode ser válida ou inválida pressupõe um padrão de lógica que vai além do pensamento humano. Consequentemente, para q a ciência seja sólida, ela deve manter a fé . Tem razão, e o raciocínio correto logicamente depende da existência de uma entidade pensante (Deus). Portanto, essa entidade necessariamente deve ser a causa primária ou base racional para todos os primeiros princípios, entre eles as hipóteses científicas. Uma vez que a pesquisa científica não é isolada das hipóteses filosóficas, è preciso examinar essas hipóteses p verificar se são válidas. O princípio primeiro da ciência é um pressuposto filosófico sobre o qual a disciplina ciência repousa: é conhecido como o princípio da casualidade.

Guiomar Barba disse...

Se Ele criou todas as leis naturais, criou o universo para se manter simétrico até que o próprio homem para quem foi entregue este mundo, o torne incapaz de ser habitado.
O ser humano foi criado por Deus com tal perfeição que tem a liberdade de desintegrar-se do seu criador e manter-se vivo.

Altamirando Macedo disse...

Guiomar Barba, hoje vocè está inspirada.Tomou passe? He, he, he... Pois bem. Dissocie a criação do universo da criação do homem. Seu Deus criou uma terra plana sendo o centro do sistema solar. Acreditaram na farsa até 1637 da nossa era.A terra que seu Deus criou não é a mesma que eu habito. Não tenho no meu DNA vestígios de Adão mas posso ter uma paquena parcela do DNA da mulher de Caim que criava porcos, jumentos e ordenhava cabras.

Altamirando Macedo disse...

Uma lenda não transforma o fictício em realidade. SE houver evidência, o fato é real.Uma lenda só passa a ser real através da crença e a crença não exige evidências. Pleonasmo?
Você pode acreditar que foi criada por Deus, enquanto eu posso acreditar que fui evoluído do Homo Sapiens. Quem pode afirmar com convicção que um de nós dois está errado?
Cérebro de chimpanzé confuso fica quem passou toda sua vida acreditando em algo subliminar e caia na real quando não há mais tempo. Perdeu a juventude ajoelhado. submisso a lendas.

Altamirando Macedo disse...

Guiomar Barba, não misture religião e suas lendas co ciência. São universos paralelos que nunca irão se encontrar. Todas as vezes que a ciência prova co evidências qualquer fato defendido por mitos religiosos a igreja adequa seu mito o mais parecido possível. E igreja está sempre na retaguarda da ciência.Eu digo o catolicismo, porque as outras seitas são suas sombras.Seu comentário das 15:43 não tem congruência.

Altamirando Macedo disse...

Seu Deus não criou o universo. O povo hebreu não tinha noção de grandezas e até hoje está brigando por uma terra prometida.Não sei o que é pior, copiar cultura alheia ou buscar suas próprias verdades já que religiosidade não é uma atitude resiliente.