segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Teoria da terra oca


Já li muito sobre a teoria da terra oca. Teoria esta, de um louco em menor grau dos que acreditam nela.
Mas vamos lá. Há uns 25,50 ou 100.000 anos atrás a terra sofreu grandes convulsões como terremotos, maremotos e mudanças de clima devido mudanças no posicionamento em seu eixo de rotação. Os sobreviventes formaram tribos e se deslocaram de zonas frias para zonas mais quentes. Numa destas migrações uma tribo surgiu no local onde, hoje, chamamos de Pólo Norte. Seus componentes continuaram a caminhar e perceberam que tinham o Sol sempre à sua frente sem nunca se por ou nascer. Descobriram, com o passar do tempo, que se encontravam dentro da terra e que ela era oca.
Explicar a teoria da terra oca é fácil. Imagine que tenha um coco. O lado externo do coco é o nosso lado e lembre-se de que se suas mãos estiverem úmidas e quentes, ao tocá-lo, a umidade que você depositou do lado de fora do coco é igual à profundidade do abismo das Marianas em relação à nossa terra de tamanho normal.
Agora faça um buraco de 1,0cm de diâmetro na parte conhecida como olho e outro na parte oposta e compare-os ao Pólo Norte e Pólo Sul. Bem no meio do coco você fixará uma lâmpada diminuta que representará o sol interior. Agora você tem nas mãos a miniatura da terra oca. A casca dura representa a crosta em que vivemos. A parte interna, branca e macia, representa a superfície dos habitantes do mundo interno. A mesma gravidade que nos mantem sobre a terra ora com os pés para cima ora com os pés para baixo é a mesma que os mantem nas mesmas posições auxiliada pela força centrífuga.
Não há prova alguma que o interior da terra seja de gás liquefeito, ferro ou qualquer outra coisa fundida, dá-se o nome de magma a uma suposição de cientistas. Estes mesmos cientistas que já fizeram, no passado, outras suposições falsas.
Os adeptos à teoria, acreditam que o povo interior é remanescente da civilização Lemuriana, Altlantis e outras mais antigas, por isso são mais evoluídos e por não sofrerem perturbações que acontecem aqui, do lado de fora, eles desenvolveram a espiritualidade e o conhecimento melhor que nós.
Os O.V.I.N.I’s são de vários tipos mas há um deles que vem de dentro da terra, há tempos, tentando uma aproximação amigável no afã de inibir as explosões atômicas que podem causar rachaduras na crosta e agora se preocupam desesperadamente com o aquecimento global.
Há estatísticas que provam haver 15 milhões de americanos que já os viram.
A Argentina, o Chile e outros países admitem sua existência. Supondo que o governo americano tivesse provas de que a terra é oca e dentro dela habita uma civilização mais evoluída, com certeza, esconderia a verdade por temer o pânico. Basta lembrar de “A Guerra dos Mundos”, produção de Orson Welles para uma transmissão de radio em 1936, em que os americanos entraram realmente em pânico, saquearam, cometeram suicídio e fizeram coisas estranhas apesar de serem informados que se tratava apenas de uma peça.
Os incrédulos questionam: se existe uma abertura no Pólo Norte que dá acesso ao oco da terra porque nenhum piloto de linha aérea nunca o viu?
Simples, as linhas aéreas não voam sobre o Pólo Norte pelo simples fato de haver interferência em seus instrumentos de navegação. Outros dizem: Se houvessem buracos nos pólos, estes muitos exploradores que lá estiveram os encontrariam.
Mentira! Nenhum explorador esteve exatamente no Pólo Sul ou no Pólo Norte. Temos relatos de pessoas que tentaram chegar lá, passaram de lá ou ficaram mais ou menos perdidos. Nenhum deles jamais provou ter estado lá. Nem Peary, nem Wilkinson, nem Amundsen, nem Shackleton, nem Scott.
O Pólo é uma zona remota em algum lugar acima da superfície e, conforme foi provado, sua localização sofre mutações.
Os mais atualizados questionam: e as fotos de alta definição extraídas por satélites, por que não identificaram estes buracos?
É fácil não identificar buracos quando não se procura por buracos.
As fotos poderiam mostrar manchas escuras ou reflexos escuros na neve ou no gelo que pode ser de cores diferentes do branco e metálico. Pode-se ter neve vermelha em certas ocasiões. O certo é que uma foto tirada próximo ao Pólo Norte ou Sul pode mostrar sombras estranhas e as pessoas não teem motivos para investigá-las, pois são caríssimas as expedições polares. Por isso não investigaram a aurora bureau, que pode muito bem, ser um reflexo da luz interior.
Os que teem noção de grandezas são diretos: não existe lugar para acomodar uma civilização antiga dentro da terra.
Pois bem, o diâmetro equatorial da terra mede aproximadamente 12.757km e supondo que a parte conhecida cientificamente da crosta terrestre multiplicada 100 vezes seja de 1.280km que é igual a medida do solo exterior para o solo interior. Como estamos medindo um círculo dentro do outro este valor é dobrado, sendo 2.560km. O diâmetro do mundo interior é de 10.197km ou seja 3,1 vezes maior que o da lua que é de aproximadamente 3.240km.
Assim, se de algum modo pudesse colocar a lua dentro deste oco da terra e um furacão soprasse sobre um dos buracos a coitada ficaria chacoalhando como uma bolinha no apito de juiz.
Uma curiosidade importante é a seguinte: somente um oitavo da superfície do mundo exterior é composta de terra, os restantes sete oitavos são constituídos por água, mares, oceanos, rios e lagos, deste modo, conclui-se facilmente que poderia haver mais terra dentro do mundo do que fora dele. E havendo mais terra dentro, então poderia haver mais gente dentro também.
De qualquer forma, se não tem certezas porque não manter o espírito alerta para não se surpreender se surgirem as provas?

5 comentários:

A arte de ter razão disse...

Ai! Ai! Essa teoria é de fazer doer os neurônios (rs).

Carlos H. Barth disse...

Absurdo. Todos sabem que o centro da terra abriga o inferno, para onde vão todos os que morreram descumprindo os dez mandamentos. Rs.

Anônimo disse...

É, se os criacionistas absorverem a teoria, o inferno será no cento da terra e não sob,como na teoria da terra plana. A mesma crença que move montanhas,abre buracos.

CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Caro amigo:

Grato pela visita ao meu blog e agora tenho o seu para acompanhamento permanente.

Abraços.

Altamirando Macedo disse...

Caros amigos,
Obrigado pela visita, já os esperava. Com certeza, serão férteis, esta troca de informações.