quinta-feira, 6 de maio de 2010

Atavismo

Atavismo significa o ressurgimento das características de um certo animal ancestral. Se são regressões genuínas e aparecem em todos os tipos de animais, como ficam os humanos? Separamo-nos dos primatas há seis milhões de anos e nos desenvolvemos rapidamente neste período. Nossos dedos e palmas ficaram menores e nossos dedões maiores e mais flexíveis. Perdemos grande parte da pelagem e ganhamos mais glândulas sudoríperas. Tornamo-nos bípedes, desenvolvemos nossa linguagem e aprendemos habilidades cognitivas distintas, apesar de alguns de nós ainda agirem como macacos. Atavismo?
Algum de nós temos caninos maiores, remanescentes das presas dos chimpanzés e Darwin viu isto como um sinal de regressão. Uma teoria sugere que isto seria o resultado de uma estrutura social diferente na qual os machos lutariam mais pelas fêmeas. Alguns cientistas falam que ter partos gêmeos ou trigêmeos é uma regressão ao tempo em que mamíferos pariam grandes ninhadas. Algumas mulheres herdaram a tendência de ter gêmeos não idênticos que se formam quando os óvulos são liberados e fertilizados individualmente. Atavismo?
Um fator relacionado à genética dos indivíduos delinqüentes é o fator XYY ou seja, a existência de mais de um cromossomo Y, responsável pela característica masculina. Os cientistas não podem precisar sobre a natureza deste fenômeno, exceto dizer que o mesmo pode ser encontrado na maioria dos presídios, em especial em delinqüentes cujo meio nunca proporcionaria a formação de um criminoso. Atavismo?
Cesare Lombroso (1835 - ??), destaca que sua teoria do delinqüente nato foi formulada com base em resultados de mais de 400 autópsias e 6.000 análises de delinqüentes vivos. Lombroso aponta as seguintes características corporais para o homem delinqüente:


Protuberância occipital, órbitas grandes, testa fugidia, arcos superciliares excessivos, zigomas salientes, prognatismo inferior, nariz torcido, lábios grossos, arcada dentária defeituosa, braços excessivamente longos, mãos grandes, anomalias nos órgãos genitais, polidactilia, orelhas grandes e separadas. As características anímicas segundo o autor são: insensibilidade a dor, tendência a tatuagem, cinismo, vaidade, falta de senso moral, preguiça excessiva e caráter impulsivo. Atavismo?


ATAVISMO É VOTAR EM DILMA.


6 comentários:

A arte de ter razão disse...

Tinha que terminar em política. (rs)

Mais um atavismo comum aos religiosos: grande necessidade de viver em bando e se submeter a um líder. (rs)

Altamirando Macedo disse...

Ricardo, minha maior indignação não é com o fundamentalismo religioso que por ser infantil, não me atrapalha em nada e sim, pelos imbecís políticos que hoje governam o país. Eles são os responsáveis pelo bem estar dos meus filhos, quer eu queira, ou não.E ainda sou obrigado a votar nesta corja de assaltantes de joalheria.
Obrigado pela visita e abraços.

Isa Medeiros disse...

Muito interesante o post. Já havia lido sobre o atavismo e é um tema que me fascina, apologia política à parte - ou não... Abraço.

Altamirando Macedo disse...

Isa Medeiros, hoje a política é nossa maior regressão, temos todos os representantes de nossa fauna e flora. Considerar isto como atavismo não é apologia.
Obrigado pela visita. O comentário é sempre um prestígio.
Abraços.

Vicente Caro disse...

Yo no hablo portugués, pero estoy seguro que me entenderás perfectamente.
Me enferma que a una persona le guste el maltrato animal. Tu dices que te gusta "Briga de galos e tourada espanhola", de lo que se deduce que eres un depredador nato que disfruta con el sufrimiento de los animales, y esto también es un atavismo (de los más malos por cierto). Deberías incluirlo en tu artículo.

Anônimo disse...

Vicente Caro. Entendi sim, e agradeço a visita. Pois é, eu gosto de esportes violentos como briga de galos e tourada espanhola. Atavismo animal é o boxe, mma ou ufc onde dois trogloditas se violentam.